Eduardo aposta na qualificação de trabalhadores para o Pré-sal

Autor: Noticiário Executivo – DOU - 07/08/2009
Pernambuco ganha um dos mais modernos centros de pesquisas voltados para a atividade de exploração de petróleo e gás do mundo. O Centro de Estudos e Ensaios em Risco e Modelagem Ambiental - Ceerma, instalado na Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, vai proporcionar a profissionais e estudantes analisar os riscos relativos às atividades de perfuração de poços de petróleo e gás, além de formar trabalhadores especializados.

Eduardo Campos fez questão de prestigiar a inauguração da primeira etapa do prédio, ontem. O Governador visitou as instalações e conheceu os equipamentos de última geração instalados no Centro. Um simulador em terceira dimensão permite ao usuário “tocar” a peça e “ver de perto” o desgaste de cada componente ou ainda o real funcionamento de cada engrenagem envolvida.
O Ceerma é fruto de uma parceria entre a Petrobras, UFPE e Agência Nacional de Petróleo - ANP, que investiram R$ 8 milhões nesta primeira fase do projeto. O Ceerma passa a ser um grande aliado do Governo do Estado no sentido de transformar o Porto de Suape em um polo de produção e prestação de serviços para as indústrias de exploração de petróleo, gás, naval e off shore, através do projeto Suape Global.
Para Eduardo, o Suape Global vai além da construção de uma refinaria (Abreu e Lima) e de um Estaleiro (Atlântico Sul). Ele garante que o Ceerma vai ajudar o Governo a resgatar a tradição de Pernambuco de ser um Estado formador de mão-de-obra. “A capacitação de pessoas vai ser o grande diferencial para atrair as empresas que vão prestar serviços em toda a exploração da camada Pré-sal, duplicando a exploração de petróleo no Brasil. Nossas instituições de ensino já compreenderam a função que devem desempenhar neste momento de desenvolvimento tanto da economia, quanto do conhecimento”, afirmou o Governador.
Eduardo ainda lembrou que de 2000 a 2009 Pernambuco conseguiu R$ 59 milhões em projetos financiados pela Petrobras e que deste montante R$ 49 milhões foram contratados nos últimos três anos. “Nós já temos mais R$ 113 milhões sendo analisados no Centro de Pesquisa da Petrobras. Desse total, R$ 25 milhões serão utilizados para o Centro de Formação de Soldadores”, adiantou.

Centro será uma referência mundial, diz Petrobras

Na segunda etapa do projeto, serão investidos outros R$ 42 milhões. Um aparelho que submete equipamentos a testes de vibração e choque para simular as reais condições operacionais às quais ficarão submetidos também será trazido: o Shaker (agitador em inglês) UDS 12000.
O gerente-executivo do Centro de Pesquisas da Petrobras, Carlos Tadeu Fraga, revelou que nem a própria empresa tem um laboratório com tanta tecnologia. “Este Centro será uma referência mundial para os testes de confiabilidade e redução de riscos dos equipamentos em poços de grande profundidade”, asseverou Carlos Tadeu. Segundo Enrique Lopez, diretor do Ceerma, 30 alunos de graduação, mestrado e doutorado já estão realizando pesquisas supervisionadas por cinco professores da Universidade Federal de Pernambuco.
Também participaram da inauguração a secretária de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente, Luciana Santos, e os reitores Amaro Lins (UFPE), Carlos Calado (UPE) e o Pe. Pedro Rubens (Unicap), entre outros membros do meio acadêmico e da Petrobras.


Mais...
© 2012 Copyright CEERMA. Todos os direitos reservados.
produzido por: M2S Software