UFPE e UFRJ assinam convênio geral de cooperação acadêmica e intercâmbio

Autor: ASCOM ufpe - 26/11/2012


Da Agência de Notícias - UFPE
Por Ana Célia de Sá
Fotos: Passarinho

Reitor da UFPE, Anísio Brasileiro, e vice-reitor da UFRJ, Antônio Ledo, assinam acordo

As Universidades Federais de Pernambuco (UFPE) e do Rio de Janeiro (UFRJ) assinaram, na manhã de sexta-feira (9), Convênio Geral de Cooperação Acadêmica e Intercâmbio Técnico, Científico e Cultural. O acordo, assinado pelo reitor da UFPE, Anísio Brasileiro, e pelo vice-reitor da UFRJ, Antônio Ledo, abre caminho para a realização conjunta de programas e projetos entre as duas instituições. Após a cerimônia, os dirigentes visitaram o Museu Oceanográfico e participaram de mesa-redonda sobre Parques Tecnológicos, no auditório do Centro de Estudos e Ensaios em Risco e Modelagem Ambiental (Ceerma) da UFPE, no Campus Recife.

“O objetivo do convênio é estreitar a cooperação entre as universidades”, destaca o reitor Anísio Brasileiro. “A UFRJ e a UFPE têm, particularmente em áreas tecnológicas, longa tradição de interface”, completa. O convênio tem por meta promover o intercâmbio de conhecimentos técnicos, científicos e culturais por meio da realização de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

De acordo com o professor Antônio Ledo, o próximo passo é instituir os aditivos para a promoção das atividades. “Precisamos trabalhar nos aditivos para interações específicas”, ressalta. “Acordos entre instituições grandes como as nossas têm tudo para dar certo”, complementa o vice-reitor da UFRJ.

A cerimônia de assinatura foi acompanhada pelo vice-reitor da UFPE, Silvio Romero Marques; pelos pró-reitores Ana Cabral (Proacad), Francisco Ramos (Propesq) e Kátia Araújo (Proaes); além da secretária-executiva da Fade, Suzana Montenegro; do diretor de Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), Antonio Celso Antonino; e de outros docentes da UFPE.

MESA-REDONDA – "Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: a Importância dos Parques Tecnológicos" foi o tema central da mesa-redonda presidida pelo reitor Anísio Brasileiro na manhã de sexta-feira (9). O professor Antônio Ledo falou sobre o papel social das universidades, o histórico da UFRJ e apresentou a estrutura do Parque Tecnológico do Rio, instalado no campus da instituição fluminense.

O parque tem a missão de promover a cooperação entre a iniciativa empreendedora e a comunidade universitária. Entre seus objetivos estão aproximar empresas e universidade, integrar alunos, incentivar a inovação na perspectiva do empreendedorismo e estimular a troca de tecnologias.

O Parque Tecnológico do Rio é formado por Conselho Diretor, Diretoria Executiva e quadro gerências. Fazem parte do Conselho Diretor a UFRJ, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Prefeitura do Rio de Janeiro, Sistema Firjan, Sebrae, Coppetec, Bio-Rio, Petrobras, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e empresas.

fonte: http://bit.ly/Q8IKqK


© 2012 Copyright CEERMA. Todos os direitos reservados.
produzido por: M2S Software