UFPE assina dois convênios com a Petrobras no valor total de R$ 10 milhões

Autor: Jornal do Commercio - 11/01/2012
A Universidade Federal de Pernambuco fortaleceu os laços com a Petrobras por meio da assinatura de dois convênios, cada um no valor de R$ 5 milhões, em cerimônia realizada na manhã de hoje (11), no auditório Reitor João Alfredo, no prédio da Reitoria.

As iniciativas são voltadas à pesquisa na área de engenharia de poços de petróleo e ao desenvolvimento social da sub-região de Suape, composta pelos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. A solenidade também contou com palestra proferida pelo gerente executivo do Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes) da Petrobras, Carlos Tadeu da Costa Fraga.

“A assinatura dos convênios mostra quais são as prioridades da UFPE, que através de seus pesquisadores faz com que o conhecimento seja gerado e se inove”, garantiu o reitor Anísio Brasileiro. Ele enfatizou, ainda, a relação direta entre o investimento em ciência e o desenvolvimento nacional.

Firmado entre o Cenpes, a Universidade e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE (Fade/UFPE), o convênio Ceerma – Fase II garantirá a ampliação da infraestrutura do Centro de Estudos e Ensaios em Risco e Modelagem Ambiental (Ceerma), instalado no Campus Recife da Universidade.

O laboratório foi inaugurado em 6 de agosto de 2009 e é um dos mais modernos do mundo em estudos de confiabilidade e risco na área de engenharia de poços. “Qualquer país, para ousar ser menos desigual e mais justo, precisa de uma indústria nacional forte, precisa de competência técnico-científica”, ressaltou o reitor Anísio Brasileiro.

Já o projeto “Diálogos para o Desenvolvimento Social em Suape” teve o convênio entre Refinaria Abreu e Lima, UFPE e Fade formalizado hoje (11). A iniciativa havia sido apresentada ao público no dia 16 de dezembro de 2011, quando foi realizada a primeira reunião de trabalho, na Refinaria Abreu e Lima.

A ação tem por objetivo reduzir índices relativos a problemas de saúde e violência no Cabo de Santo Agostinho e em Ipojuca, beneficiando cerca de 160 mil moradores da área.

Serão desenvolvidas atividades de orientação sobre sexualidade e gravidez na adolescência, prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)/Aids, enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes e à violência e o combate ao uso abusivo de álcool e outras drogas.


© 2012 Copyright CEERMA. Todos os direitos reservados.
produzido por: M2S Software